Ganhadores do Prêmio MPT na Escola 2017

17/11/2017 – O Ministério Público do Trabalho divulgou o resultado final do Prêmio MPT na Escola 2017 no último dia 15. O concurso nacional teve três etapas: municipal, regional e nacional.

O Estado do Mato Grosso do Sul fez bonito na fase nacional. Ocupou o 2º lugar nas categorias Esquete Teatral e Desenho, com os municípios de Corumbá e Caarapó, respectivamente. Na categoria Poesia, o 4º lugar ficou com Alcinópolis. Também foi destaque nas categorias Música e Curta-Metragem, com Ladário nas 7ª e 8ª colocações, respectivamente, e ainda na categoria Conto, com Corumbá/MS, no 8º lugar.

Imprimir

MPT e parceiros firmam Termo de Cooperação que prevê a implantação de Aprendizagem Profissional nas Uneis de MS

A parceria deve atender jovens em três Unidades de Internação de MS

09/11/2017 – Na manhã de 08/11 foi assinado o Termo de Cooperação Técnica para implantação e manutenção de cursos de aprendizagem profissional nas Unidades de Internação (Uneis) de MS, com vigência de 5 (cinco) anos. O Projeto “Medida de Aprendizagem”, idealizado pelo Ministério Público do Trabalho/MS, contempla jovens em cumprimento de medidas socioeducativas com restrição de liberdade, além de outros adolescentes vulneráveis ou em risco social.

Imprimir

MPT requer publicação atualizada da lista suja

É pedido também que o ministro do Trabalho e a União paguem multa de R$ 320 mil por descumprirem sentença judicial

27/10/2017 - O Ministério Público do Trabalho (MPT) entrou nessa quarta-feira (25) com pedido de execução da sentença que determinou ao Ministério do Trabalho a publicação atualizada do Cadastro de Empregadores flagrados com mão de obra análoga à de escravo, conhecido como lista suja. Na ação, é pedido também que o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, e a União paguem multa de  R$ 320 mil pelo descumprimento judicial.

Imprimir

Ação identifica trabalhadores submetidos a condições degradantes no Pantanal de MS

Homens atuavam na atividade de desmatamento e na construção de cercas

27/10/2017 - Onze trabalhadores foram identificados em condição análoga à de escravo no Pantanal de Mato Grosso do Sul, durante força-tarefa composta por integrantes do Ministério Público do Trabalho, Ministério do Trabalho e Polícia Militar Ambiental. O flagrante ocorreu na última terça-feira (24), em duas fazendas no município de Corumbá, distante a 417 km da capital Campo Grande.

Imprimir